Conhecer o interior de um tubarão pela lente de uma Go Pro

Frente-a-frente com um tubarão

Conhecidos pelo seu instinto predador, os tubarões brancos são também fotogénicos. Que o diga a fotógrafa e conservacionista marinha Amanda Brewer que, com a ajuda de uma GoPro, conseguiu algumas imagens bem explícitas deste gigante dos mares.

Amanda, que com este projecto quer chamar a atenção para o facto de mais de 100 milhões de tubarões serem mortos todos os anos, fotografou os tubarões brancos na baía Mossel, na costa sul-africana. Nesta região, há muito que a empresa de eco-turismo White Shark Africa procura aumentar a notoriedade desta criatura, na esperança que os números ligados à sua caça decresçam rapidamente. “A maioria dos tubarões das fotos costumam andar por esta zona e já os conhecemos”, explicou Brewer.

Segundo o grupo conservacionista Sharkservation, todos os anos são mortos cerca de 100 milhões de tubarões para fins comerciais, qualquer coisa como 6,4 a 7,9% da população global de tubarões. A caça ilegal tem como propósito, sobretudo, a sopa de barbatana de tubarão, uma iguaria que pode custar até €140 na Ásia. O resto do tubarão é considerado resíduo.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php