Hora do Planeta: 114 municípios participaram neste evento contra as alterações climáticas

hora do planeta

Foram 114 os municípios portugueses que no passado sábado se juntaram à 10ª edição da Hora do Planeta, um evento da organização WWF que luta contra as alterações climáticas. A nível mundial foi batido o recorde de participações, com 3100 monumentos em 187 países e territórios a simbolicamente desligarem as luzes entre as 20:30 e as 21:30.

Cheio de simbolismo, o acto de apagar a luz durante esta hora quer ser uma chamada de atenção para os cidadãos de todo o mundo, alertando as comunidades para uma mudança urgente de comportamentos que leve a um abrandamento das consequências das alterações climáticas.

Fenómenos extremos como chuvas torrenciais, intensas ondas de calor e frio, degelo e a subida do nível do mar são cada vez mais frequentes e são consequência directa dos comportamentos dos Homens. Assim sendo, o que pode o comum dos cidadãos fazer para, dentro das suas possibilidades, combater esta situação? Poupança de água, utilização frequente de transportes públicos, consumo de produtos produzidos localmente e de forma biológica, ou ainda a diminuição do lixo produzido são algumas mudanças que podem ser implementadas com facilidade e que têm de facto um impacto no meio ambiente.

Entre as várias acções levadas a cabo por terras lusas, o destaque da Hora do Planeta deste ano vai para o concerto solidário à luz das velas que teve lugar no Parque Eduardo VII.  Vozes conhecidas como Raquel Tavares, Matias Damásio, Tiago Bettencourt, André Sardet, Tito Paris, Samuel Úria, Enoque e Janeiro juntaram a esta iniciativa, que contou com a participação de cerca de duas mil pessoas.

Na capital o Santuário do Cristo Rei, Ponte 25 de Abril, Mosteiro dos Jerónimos, Torre de Belém, Castelo de São Jorge, o Museu da Electricidade ou a estação ferroviária do Rossio ficaram às escuras dando o seu contributo para esta Hora do Planeta. Pelo país, monumentos como Ponte da Arrábida, a estação ferroviária de São Bento, a Fundação Serralves, Castelo de Abrantes, a Ponte de S. Roque em Chaves, o Farol da Nazaré, o Castelo de Torres Vedras, e tantos outros, juntaram-se mais uma vez à Hora do Planeta.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php