Os melhores nascer e pôr-do-sol do mundo

Do nascer ao pôr-do-Sol

Durante quatro anos, Paul Reiffer dedicou-se a fotografar um período muito específico do dia – ou melhor, dois: o nascer e o pôr-do-sol. O fotógrafo britânico, de 35 anos, percorreu milhares de quilómetros, de Sydney (Austrália) ao Arizona (Estados Unidos), para apanhar estas duas alturas do dia na perfeição.

“Não é todos os dias que temos um nascer ou pôr-do-sol perfeito. Tudo depende do céu”, explicou Reiffer. “A luz e cores que temos no pôr-do-sol e nascer-do-sol são completamente diferentes do resto do dia. E temos grandes cores no céu ou na água”, continuou.

Ainda assim, o fotógrafo só tinha 15 a 20 minutos por dia para captar estes momentos, fossem eles belos e perfeitos ou o cenário menos artístico. Reiffer diz que passou 10 anos para tirar uma foto perfeita da ponte Golden Gate, em São Francisco, por exemplo.

“Nunca sairei de um local se não tiver duas ou três imagens com as quais esteja contente. Normalmente, se a primeira fotografia é má eu volto no dia seguinte – e no outro – até estar satisfeito”, concluiu.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php