Água: qual a importância de uma hidratação adequada?

água

A água é um nutriente essencial e que cumpre importantes funções no nosso organismo, como o transporte de nutrientes, a remoção de metabolitos ou a regulação da temperatura corporal.

Tantas vezes ignorada na nossa alimentação diária, a água é da máxima importância para um organismo saudável e para o nosso bem-estar, especialmente em dias de calor como os que se avizinham.

Mas qual a verdadeira importância de uma hidratação adequada?

1.A água é um nutriente essencial que se obtém através do consumo de diferentes alimentos e bebidas como parte da nossa alimentação. No caso das bebidas, é recomendável ler a informação nutricional e a relativa à quantidade de calorias que estas aportam. Existem alternativas sem ou com baixas calorias que permitem uma escolha com base nas mesmas.

2.A água cumpre importantes funções no nosso organismo, como o transporte de nutrientes, eliminação de metabolitos ou a regulação da temperatura, e possui propriedades estruturais e lubrificantes.

3.As recomendações de ingestão de água diária estabelecidas pela Autoridade Europeia da Segurança Alimentar (AESA) são, de forma geral, de 2 a 2,5 litros por dia para as mulheres e homens adultos, respectivamente, (dependendo também do seu estado físico, da actividade física e das condições ambientais de cada momento). No entanto, as evidências científicas disponíveis sugerem que a maioria da população europeia não cumpre estas recomendações.

4.Há uma crescente consciencialização da população sobre a importância de estar devidamente hidratado durante todo o dia.

5.Os grupos populacionais mais vulneráveis de sofrer de hipo-hidratação são crianças, mulheres grávidas e lactantes e idosos.

6.Todas as bebidas não-alcoólicas contendo mais do que 80% de água e menos do que 50 mEq/l de sal são uma fonte de hidratação, o que é particularmente relevante no sentido de condições ambientais específicas do calor.

7.Uma desidratação correspondente a uma perda de 2% da massa corporal ou mais tem um impacto sobre o desempenho físico, e pode afectar o humor e as habilidades cognitivas, tais como a coordenação visual-motora, atenção, memória a curto prazo…

8.A desidratação pode alterar a actividade cerebral e função de certos sistemas de neurotransmissores envolvidos no processo cognitivo, assim como dificultar a permeabilidade da barreira cerebral.

9.A desidratação também prejudica o desempenho de exercícios aeróbicos, especialmente em climas mais quentes.

10.Aumentar a ingestão diária de água e líquidos em pessoas que sofrem de dores de cabeça, especialmente entre aqueles cuja ingestão está abaixo dos níveis recomendados, pode reduzir a intensidade e o número de episódios.

Foto: via Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php