Índia vai investir 6,2 mil milhões de euros nas florestas do país

floresta

Depois de anos e anos de desmatamento, terrenos pouco férteis e elevadas emissões poluentes, a Índia parece determinado em mudar o cenário pouco amigo do ambiente do país. A meta já está definida: cobrir 33% do país com árvores.

Com um investimento estimado em 6,2 mil milhões de euros, Prakash Javadekar, ministro do Meio Ambiente, Florestas e Mudança do Clima da Índia, anunciou que o seu objectivo passa por aumentar a cobertura florestal no país dos actuais 21% para 33%. A medida deverá representar um acréscimo de 2,5 mil milhões de toneladas de dióxido de carbono para o país.

Mas não se pense que o plano das autoridades indianas passa pela simples plantação de árvores em grande escala. Nada disso. A ideia é tratar em primeiro lugar do solo, garantindo que recebe todos os nutrientes que estão em falta depois de anos de desmatamento, e só depois avançar para a plantação das árvores saudáveis.

A medida será posta em prática através do financiamento de Fundo Compensatório de Arborização, que ficará com a incumbência de cobrar elevadas taxas a empresas que usam terras de floresta para outros fins, entre eles os comerciais. De acordo com dados do Centro de Ciência e Meio Ambiente, desde 1980 as autoridades indianas permitiram que cerca de 1,29 milhões de hectares de floresta fossem usados para fins “não florestais”, o que muito contribuiu para a actual grave situação de desmatamento que o país atravessa.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php