Mundo animal está cada vez mais silencioso

bernie_SAPO

Aos 76 anos, o especialista em bioacústica Bernie Krause pode gabar-se de ter gravado nomes como Bob Dylan, George Harrison ou Stevie Wonder. Há muito tempo, porém, que Krause se dedica exclusivamente aos sons da natureza. Ele grava os sons de animais em florestas, mares, pântanos e desertos em várias partes do mundo e possui um centro de pesquisa dos sons do mundo animal, com mais de quatro mil horas de gravações de 15 mil espécies.

No entanto, é o próprio Krause que confirma que, à medida que as florestas vão sendo desflorestadas e o clima se transforma, cada vez tem menos trabalho. “Tudo está a mudar por causa do aquecimento global, o nível dos mares e desflorestação em geral. Metade dos meus arquivos vem de habitats que ou foram radicalmente transformados pela acção do homem ou já estão em silêncio. Metade desses arquivos já podemos ouvir de outra forma”, explicou Krause.

Segundo o responsável, a utilização de gravadores – e não câmaras – para gravar a natureza tem como pano de fundo ter uma perspectiva completa sobre o habitat. “Com uma câmara é muito fácil enquadrar uma imagem que faz com que um habitat pareça saudável, mesmo quando ele já não está. Já os microfones gravam em 360 graus, o habitat completo, e o som mostra uma perspectiva completa”, continuou.

“Digo aos meus alunos que uma foto pode valer mil palavras, mas um som vale mais do que mil imagens, porque o som fala-nos a verdade, quantas espécies de pássaros, mamíferos, insectos e répteis estão activos no lugar”, acrescentou o responsável.

Nos anos 60, Rachel Carson escreveu o livro “A Primavera Silenciosa”, no qual explica o que vai acontecer se o mundo natural ficar silencioso por causa do Homem. Para Krause, estamos a aproximarmo-nos não só de uma Primavera silenciosa, mas de um Inverno, Outono e Verão silenciosos.

“Mesmo numa floresta densa como a da Amazónia, se cortarmos apenas algumas árvores as consequências serão sentidas em grande escala pelos animais que ocupam esse lugar há muito tempo. Ou seja, um efeito profundo no som que será sentido muito rapidamente”, concluiu o responsável.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php