Onde arrumar a alface no frigorifico? E a manteiga e os queijos?

Alimentos Frescos

A maioria das pessoas atira os produtos acabados de comprar para dentro do seu frigorífico, sem grande regra ou método. No entanto, este electrodoméstico tão intimamente ligado à nossa alimentação e ao eventual desperdício alimentar pode ajudar-nos a poupar muito dinheiro ao longo do ano.

Organizar um frigorífico para a semana que agora começa implica alguma ciência, que é como quem diz algumas regras básicas fáceis de seguir. Em primeiro lugar, evite encher demasiado o seu frigorífico, uma vez que o excesso de alimentos impede a circulação do ar frio e não permite uma adequada conservação dos alimentos.

Por outro lado, deve ter em consideração que a temperatura do interior do frigorífico não é homogénea, pelo que um determinado produto deve ser colocado numa zona específica deste electrodoméstico. Siga aqui as dicas do site Alimentação Inteligente para a organização do frigorífico.

Que alimentos devem ser colocados no frigorífico? E mais importante: onde?

1.Zona Superior (zona mais fria) – iogurtes, queijo, natas, compotas e alimentos já cozinhados (estes alimentos devem ser conservados em recipientes adequados e fechados; não os coloque ainda quentes no frigorífico).

2.Zona intermédia – carne e pescado, fiambre e outros produtos de charcutaria, conservas abertas e produtos de pastelaria.

As carnes conservam-se no frigorífico até três dias, com excepção da carne picada que dever ser confeccionada até 24h. O período adequado de conservação do peixe fresco no frigorífico é de 24h.

3.Prateleira inferior – produtos em fase de descongelação (estes alimentos devem estar acondicionados em recipientes que evitem o derrame de líquidos resultantes do processo de descongelação).

4.Gavetas inferiores – Hortícolas, fruta e leguminosas frescas.

5.Porta do frigorífico – manteiga, margarina, leite ou água.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php