A casa mais perigosa do mundo?

Em Wickford, pequena vila do Essex, Reino Unido, encontra-se aquela que será, porventura, a mais perigosa casa do mundo. Situada perto de uma estrada onde o limite de velocidade é de 100 km/h, ela é constante vítima dos automobilistas mais distraídos – e foram muitos, nos últimos anos.

De acordo com Alison Pinnock, proprietária da casa, já ocorreram mais de 60 acidentes nos últimos cinco anos junto à sua casa – muitos deles, inclusive, levaram os carros a parar no seu quintal.

“São cerca de 12 acidentes por ano e já nos causou milhares em prejuízos – €2.800. Mas não podemos quantificar o stress que nos causou”, explicou Pinnock. “Ter de chamar a polícia, ambulância ou bombeiros a qualquer hora do dia e noite tem sido absolutamente horrível.”

De acordo com Pinnock, que há muito pede que a velocidade máxima naquele troço da A132 seja reduzida para 50 km/h, será apenas uma questão de tempo até alguém morrer ou seja morto por uma falha no planeamento rodoviário.

Esta mãe de quatro só começou a contabilizar o número de acidentes em 2012, pelo que ele peca por escasso. “Já tivemos carros no nosso jardim, árvores a cair e quase nem vale a pena construirmos uma cerca. Não consigo dormir à noite porque estou preocupada com o que possa acontecer”, continuou.

“As autoridades disseram-nos que o limite de velocidade neste troço é apropriado, mas depois de tantos acidentes, temo de discordar”, explicou. Vários destes acidentes aconteceram durante o pico do Inverno, quando a água dos terrenos vizinhos corre até à estrada e gela.

Deixar uma resposta