A beleza intocada da Nova Zelândia

Nova Zelândia: remota e intocada

O fotógrafo profissional Johan Lolos viajou até um dos pontos mais remotos do mundo, a Nova Zelândia, e passou um ano a percorrer as suas paisagens cinematográficas. Doze meses depois da viagem, Lolos afirma que a paisagem do país mudou completamente o seu estilo de fotografar.

“Depois de um ano a viajar pela Austrália – era um amante de praias de areia branca – viajei até à ilha do Sul, na Nova Zelândia, e fiquei impressionado pela sua beleza, os seus alpes de neve, lagos e montanhas”, explicou Lolos.

Segundo o responsável, a Nova Zelândia é reconhecida como uma das nações com maior beleza natural do mundo, mas fotografá-la não é fácil – para chegar à área preferida do fotógrafo, Fiordland, é preciso subir penhascos dantescos.

“Fiquei inspirado pela vida selvagem e beleza intocada neozelandesa. Algo que, na verdade, só podemos almejar na Nova Zelândia”, referiu. Johan Lolos viveu na Ilha do Sul durante seis meses e dá algumas dicas de locais a visitar e fotografar. “Wanaka é o melhor local para viver na Nova Zelândia, mas a minha região favorita é a dos Fiordes. São incríveis, é um parque jurássico intocado”, concluiu.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php