Conhecer a história do Porto através das “grandes árvores” da cidade

árvores

Se é um apaixonado pela biodiversidade e mora na zona do Porto, entre Maio e Novembro terá um programa talhado a seu gosto. A iniciativa Rota das Árvores do Porto quer dar a conhecer aos moradores do Porto as “árvores mais imponentes da cidade” nos Jardins do Palácio de Cristal, Cedofeita, Campanhã e Santo Ildefonso, Arrábida e Campo Alegre”.

Acompanhados por especialistas que explicarão todos os detalhes que, a olho nu nos poderiam escapar, o visitante terá oportunidade de se maravilhar com a imensa biodiversidade existente na cidade, desconhecida da grande maioria.

O programa está dividido em cinco rotas, com paragem obrigatória nas “árvores mais imponentes da cidade”. O primeiro passeio está marcado para 27 de Maio sob o mote “Árvores do Romântico” e vai levar o visitante à descoberta de cedros, araucárias, metrosíderos e palmeiras do Palácio de Cristal, um dos mais antigos núcleos verdes da cidade que rodeia outros dois jardins, os da Casa Tait e o do Museu Romântico da Quinta da Macieirinha, voltado para o rio Douro.

Teixos, araucárias, ginkgos e metrosíderos serão os protagonistas do mês de Junho, com os tulipeiros da zona oriental da cidade, na Campanhã e Santo Ildefonso a ser as estrelas de Julho. O programa continua depois do Verão, com as árvores da Arrábida e os fantásticos exemplares da Rua do Campo Alegre a piscarem o olho aos portuenses.

Para a Câmara do Porto, responsável pela iniciativa, o objectivo é dar a conhecer o imenso património natural da cidade, ao mesmo tempo que se permite ao visitante fazer uma ponte entre a herança natural da cidade com o património cultural.

No Porto há 238 árvores classificadas como “interesse público”, ou seja por lei estão protegidas com os mesmo direitos que alguns dos mais importantes edifícios da cidade. E o que torna estas árvores tão peculiares? A sua idade, porte, estrutura, raridade, história ou factos culturais são apenas alguns dos factores que fazem destas palmeiras, araucárias, tulipeiros, metrosíderos e plátanos árvores excepcionalmente especiais.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php