Descargas ilegais no rio Vizela, Fafe, preocupam ambientalistas

rio vizela

A denúncia foi feita através de comunicado pela associação ambiental Quercus: uma descarga ilegal de efluentes domésticos e industriais foi feita nos últimos dias junto à ribeira de Calvelos, junto ao rio Vizela, zona de Fafe.

Segundo a Quercus, esta não é primeira vez que descargas ilegais poluentes acontecem junto ao rio Vizela, com a situação a ter mesmo já desencadeado várias denúncias da população local junto das entidades responsáveis.

No entanto, as queixas não parecem ter surtido nenhum efeito prático até ao momento. “É inaceitável que não sejam tomadas quaisquer medidas por parte dos organismos competentes sobre esta situação”, defende a associação ambiental que se junta a população na urgência para que se resolva este problema imediatamente.

As indústrias da região, mas também o mau funcionamento da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Serzedo, no concelho de Guimarães, são apontadas como as causas para o problema ambiental que está a afectar a região.

Para a Quercus, é “urgente e imprescindível o apuramento de responsabilidades e a criação de um plano de vigilância, prevenção, controlo e mitigação, em articulação com os municípios e entidades envolvidas, para proceder à despoluição do rio Vizela e à recuperação de toda a zona afectada.”

Também o município de Fafe e à Agência Portuguesa do Ambiente são incentivados a pôr cobro imediato à situação. Para isso, a Quercus sugere que sejam canceladas as licenças de meio hídrico das empresas poluidoras, bem como se proceda à regulamentação da ETAR em causa.

Foto: Rio Vizela não à poluição Facebook

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php