Neco, o lince-ibérico que morreu atropelado pouco depois de regressar à natureza

lince ibérico

Durou pouco tempo o período de liberdade do lince-ibérico libertado na passada quinta feira no núcleo populacional do vale do Guadiana. Neco, o lince ibérico que nasceu em Espanha, mas tinha passado os últimos tempos em recuperação no Guadiana, foi encontrado morto na zona de Mértola, Beja.

Em comunicado, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) explicou que o atropelamento era a causa provável de morte, uma vez que o animal foi encontrado por um morador junto à Estrada Municipal entre Mértola e Corte Gafo de Cima.

Libertado em propriedade privada, um terreno próximo do rio Guadiana com elevada densidade de coelho bravo, Neco estava equipado com uma coleira radioemissora, que transmitia informação em permanência, por exemplo a sua localização.

Dados do ICNF mostram que Neco foi o 26º lince a ser integrado na região, no âmbito do projecto de recuperação e reintrodução desta espécie em vias de extinção na Península Ibérica.

Foto: via Creative Commons 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php