Passar para o papel a (estranha) beleza das ervas daninhas

ervas daninha

O desafio lançado pela Quercus aos Urban Sketchers Portugal (USkP) foi simples: procurar o que de melhor as ervas espontâneas têm para oferecer e desenhá-las em ambiente urbano.

Alinhado com a campanha “Autarquias sem Glifosato/ Herbicidas” desenvolvida pela Quercus para o abandono do uso de glifosato e outros herbicidas químicos de síntese no nosso país, pelo impacto negativo na saúde e no ambiente, esta iniciativa surge como uma oportunidade para mudar mentalidades.

Para a associação de defesa ambiental há uma urgente necessidade de alterar a mentalidades das populações face às ervas espontâneas em espaço urbano. De facto, muitas ervas espontâneas têm valor estético, encontrando-se um pouco por todo o lado, como caleiras de árvores, bermas ou jardins e em várias cidades da Europa já são assumidas como parte do espaço público. O desafio é assim percorrer as cidades portuguesas em busca destas ervas e passar para o papel toda a sua desconhecida beleza.

Em parceria com o movimento Urban Sketchers, este desafio decorre durante o mês de Maio e está aberto a participantes de qualquer localidade portuguesa. Posteriormente serão seleccionados os desenhos que melhor simbolizam o espírito desta iniciativa, para fazerem parte da futura exposição itinerante da Quercus com os USkP.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php