Portugal: 96% do território esteve em seca fraca ou moderada em Abril

calor

Durante o mês de Abril, 96% do território nacional enfrentou uma situação de seca fraca a moderada. Um valor muito superior ao registado no mês de Março, em que apenas 20% do território enfrentava as consequências da pouca precipitação registada, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)

Ao analisar o Boletim Climatológico no site do IPMA é possível verificar as disparidades desde o início do ano, com o mês de Abril a registar valores de “seca meteorológica moderada a severa”, especialmente nas regiões do Norte e do Centro.

No final do mês de Abril, Portugal tinha assim 96% do seu território a passar por uma situação de seca fraca a moderada, com o Algarve a ser a única região do país a escapar. Durante este mês 75,6% do território encontrava-se em situação de seca moderada, 20,2% em seca fraca, 2,7% em seca normal e 0,7% em seca severa. Olhando para os números de Março a diferença é evidente: 58,5% do território não apresentava qualquer problema, enquanto 21,6% registava períodos de chuva fraca.

Também a temperatura durante este período registou números recordes. Abril registou mesmo a temperatura mais elevada em Portugal dos últimos 86 anos, com ondas de calor de grande duração a surgirem em vários distritos do continente.

Depois de 29 dias sem qualquer precipitação em todo o território, Abril foi identificado pelo IPMA como “extremamente quente e extremamente seco”.

Foto: via Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php