Um celeiro invisível

Se pretende esconder um edifício que está à vista desarmada, existe uma maneira simples de o conseguir: cubra o edifício com mylar – uma película forte de poliéster que possui resistência térmica e propriedades de isolamento, mas que também funciona como um espelho.

Foi com recurso a este material que o atelier de arquitectura nova-iorquino stpmj revestiu um celeiro tornando-o invisível, como parte de um projecto para a Architectural League’s Folly Competition. Os requisitos da competição incluíam a construção de espaços arquitectónicos bizarros do século XXI que possam ser instalados no Socrates Sculpture Park, no bairro de Queens, em Nova Iorque.

Este tipo de novidades arquitectónicas podem ser irritantemente óbvias, mas o celeiro invisível da stpmj foi concebido para desaparecer de uma só vez. A estrutura simples, em modelo de dois por quatro, é revestida em mylar – material que pode ser encontrado nos balões e nos cobertores de emergência, que parecem que vieram directamente do espaço. Este material funciona como reflector e a superfície reflecte o espaço envolvente, olvidando o celeiro.

Alguns recortes estrategicamente posicionados ajudam a amplificar a ilusão óptica criada e dão origem a janelas flutuantes que perscrutam o cenário envolvente. É uma ilusão óptica simples, especialmente quando se percebe que é possível atravessar as portas.

Deixar uma resposta