Hotéis com programas de voluntariado

 

Fazer férias a ajudar os outros é uma alternativa ao dolce far niente das férias tradicionais. O turismo solidário é importante e uma tendência em crescimento, talvez por isso sejam cada vez mais os hotéis e resorts que oferecem aos hóspedes programas de voluntariado, ajudando organizações locais sem fins lucrativos. Geralmente, não há custo adicional e, na maioria dos casos, o hotel oferece transporte. Aqui ficam alguns exemplos, muitos dos quais em locais verdadeiramente paradisíacos, o que dá mais sentido à frase “juntar o útil ao agradável”:

1. Lapa Rios Lodge, Costa Rica. Pioneiro no tema do voluntariado, há dez anos que oferece aos seus hóspedes a oportunidade de fazerem trabalho de voluntariado junto da comunidade local. Com apenas 17 bungallows, é um resort ecológico construído com madeira local, sem acesso a novas tecnologias (não há ar condicionado, apenas ventoinhas no tecto) e com vistas espectaculares sobre o Pacífico e a floresta tropical que o rodeia. 

2. Emirates One & Only Wolgan Valley, Austrália. Este resort de luxo, com apenas 26 suítes e quatro villas, propriedade da Emirates Hotels & Resorts com gestão da marca One & Only, ocupa cerca de 2% da reserva Greater Blue Mountains, classificada como Património Mundial. Durante a sua estadia, os hóspedes têm oportunidade de contribuir para a protecção do vale e da sua vida selvagem, passando algumas horas com a equipa de conservação, plantando árvores, testando a qualidade da água, avaliando habitats e monitorizando comportamentos de animais selvagens. 

3. Fogo Island Inn, Newfoundland, Canadá. Além de ser um maravilhoso exemplo de arquitectura contemporânea, este hotel trabalha para salvaguardar uma das culturas rurais mais antigas do Canadá. O Fogo Island Inn pertence a uma organização chamada Shorefast Foundation e, por isso, todos os seus lucros destinam-se à comunidade local.

4. Six Senses Yao Noi, Tailândia. Este resort segue uma política de sustentabilidade ambiental e social com enfoque na eficiência energética, gerenciamento de água e resíduos, compromisso social, protecção da natureza, qualidade do ar e controle de ruído, convidando os seus hóspedes a dedicar uma hora diária a ensinar crianças na escola local.

5. Anantara Dhigu Resort, Maldivas. Os hóspedes podem dar a sua contribuição para preservar os recifes de coral, adoptando e plantando um lote de coral que mais tarde é transplantando para a lagoa, com a ajuda de biólogos marinhos. Os hóspedes podem depois continuar a monitorizar a evolução do ‘seu’ coral através do site do resort. 

6. Hotéis Inkaterra, Peru. Esta empresa de hotéis ecológicos esteve na vanguarda do ecoturismo e do desenvolvimento sustentável. Há 40 anos que se dedica à causa, lutando pela preservação da biodiversidade e das culturas locais. Possui seis unidades – Inkaterra Reserva Amazónica e Inkaterra Hacienda Concepción (na zona de Madre de Dios) e os Inkaterra Machu Picchu Pueblo Hotel, Inkaterra Hacienda Urubamba e Inkaterra La Casona (na zona de Cusco) -, todas elas com excursões e actividades que fomentam o envolvimento dos hóspedes.

7-10. Hotéis Ritz-Carlton. Aquela que é uma das mais luxuosas cadeias de hotelaria do mundo oferece aos hóspedes experiência memoráveis que podem ir muito além da estada num hotel de luxo. As “Impact Experiences” proporcionam a quem deseje a possibilidade de contribuir com trabalho voluntário em prol das comunidades locais onde se situam estes hotéis. É o caso de um projecto comunitário de agricultura orgânica numa quinta no Arizona (7); de um projecto de requalificação da floresta tropical em Kapalua, no Havai (8); da preservação dos jardins da Ilha de Alcatraz, em São Francisco (9); ou da construção de ninhos para uma espécie rara de pássaros migratórios na área da reserva natural de Futian, em Shenzhen, China (10).

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta