baleia plastico estomago

A baleia deu à costa na Noruega. Equipas de salvamento ainda tentaram reencaminhá-la para mar alto, mas sem qualquer sucesso. O animal estava gravemente doente e em evidente agonia. Mais tarde, a autópsia revelou o motivo do sofrimento, ao descobrir 30 sacos de plástico no seu estômago, que a impediam de se alimentar.

Ao procurar comida, as baleias mergulham a grandes profundidades, contando apenas com os seus ‘sonares’ para localizar os peixes e lulas que fazem parte da sua dieta habitual. E, neste processo, um plástico pode ser facilmente confundido com um alimento.

Todos estes momentos foram gravados em vídeo, num filme chocante, mas que merece ser visto e partilhado como se de um grito de alerta se tratasse. Até quando vamos permitir que as nossas acções provoquem estas consequências? Talvez tenhamos encontrado parte da solução, como pode ler neste artigo publicado hoje no site Green Savers.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta