A corrida contra o aquecimento global acaba de ganhar mais uma arma de peso. Uma empresa suíça, a Climeworks, apresentou uma inovadora solução que permite aspirar o CO2 do ar, retirando-o da atmosfera. É a primeira vez que uma empresa consegue lançar para o mercado uma solução de captura de CO2 economicamente viável. Igualmente interessante é o facto de esse CO2 poder ter depois um sem número de aplicações, dos refrigerantes à produção de fertilizantes vegetais para a agricultura.

Segundo a Climeworks, as suas centrais aspiram o ar e o CO2 fica retido em filtros por um processo químico. Sempre que um filtro está cheio, é aquecido e o CO2 libertado na forma de gás, que é depois capturado. Cada filtro pode ser utilizado por milhares de ciclos e a empresa dispõe já de centrais com vários formatos, capazes de se adaptar a diferentes áreas ou indústrias específicas.

climeworks 2

A primeira central foi instalada precisamente na Suíça e tem a capacidade para aspirar até 900 toneladas, o equivalente à emissão de 200 carros por ano. A meta da Climeworks é de instalar centrais em número suficiente para conseguir, até 2025, capturar o equivalente a 1% das emissões globais. A empresa encontra-se neste momento em processo de expansão do negócio.

 Foto: Climeworks

Deixar uma resposta