leoa leopardo 1

As imagens foram tiradas no início da semana, por um hóspede num dos lodges do Parque de Ngorongoro, na Tanzânia, e mostram uma leoa com 5 anos, conhecida como Nosikitok, a amamentar uma cria de leopardo de apenas 3 semanas.

A notícia foi divulgada pela a organização de conservação de grandes felinos, Panthera, e relatam uma situação nunca antes vista. Existiam provas de adopções dentro da mesma raça, mas nunca entre raças diferentes, como referiu o Dr. Luke Hunter, presidente do grupo:

“Este é um caso único. Não conheço mais nenhum exemplo de adopção entre os grandes felinos na natureza. A leoa teve recentemente as suas próprias crias, e isso foi um factor crucial. Tem o instinto materno em alta e está psicologicamente preparada para cuidar e o pequeno leopardo é praticamente da idade das suas crias e fisicamente semelhante.”

leoa leopardo 2

Não se conhecem para já pormenores de como o bebé ficou sem mãe ou de como a leoa Nosikitok perdeu as suas crias mas, mesmo com os cuidados prestados, o futuro da cria de leopardo enfrenta obstáculos enormes.

“É muito pouco provável que a alcateia aceite a cria” esclarece Luke Hunter, “os leões têm sociedade muito ricas e complexas, onde cada individuo tem o seu lugar e estão perfeitamente identificados, pelo aspecto físico e pelo rugido. Se as restantes leoas encontrarem a cria, muito provavelmente matam-na.”

“Mas se a cria contrariar as probabilidades e sobreviver até se tornar independente, o que geralmente acontece entre os 12 e os 18 meses, então “é muito provável que venha a agir como um típico leopardo. Mesmo esta exposição tão cedo aos costumes dos leões não irá reverter milhões de anos de evolução dos leopardos, que os torna em excelentes caçadores solitários” conclui o Dr Hunter. 

leoa leopardo 3

Fotos: Joop van der Linde /Ndutu Lodge/Panthera

 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta