Na sexta feira passada, os habitantes de Paris foram surpreendidos com uma baleia morta nas margens do sena. Uma visão horrível, mas com uma boa causa.

Felizmente a baleia não era verdadeira, mas um “espectáculo” montado pelo colectivo artístico belga Captain Boomer. A performance incluía também os artistas fingirem serem cientistas, realizando testes no animal e interagindo com o público e a imprensa.

“Isto acontece com alguma frequência”, dizia Tim Van Noten, um dos artistas, à Agência France Press (AFP), incorporando o papel de um cientista. “Ela chegou e ficou presa naquela ponte, e os bombeiros conseguiram retira-la com o auxílio de uma grua”.

Está não é a primeira vez que o colectivo chama atenção para os números crescentes de baleias e golfinhos que dão à costa, em virtude das alterações climáticas, mas nunca tinham montado a “exposição” num cenário tão mediático como Paris.

A cena macabra marcou definitivamente os parisienses e turistas que passavam, e se aglomeraram junto da cena “a uma distância segura”. E também enganou muitos, como se pode ver neste filme da IBTV:

Deixar uma resposta