Idanha-a-Nova vai estar ao rubro entre os dias 26 e 30 de Julho próximos, já que recebe, ao mesmo tempo que a XXI Feira Raiana, o  III Fórum Mundial de Inovação Rural, evento que promove a “valorização de experiências empresariais inovadoras, que potenciam a criação de riqueza e o desenvolvimento sustentável no mundo rural”.

O evento é organizado em conjunto pelo Município de Idanha-a-Nova (e o seu Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento), e pelo Ayuntamiento de Moraleja e a Diputación de Cáceres, e surge, portanto, para divulgar, desenvolver e premiar as actividades empresariais que promovam as boas práticas de sustentabilidade, as relações transfronteiriças ou a inovação tecnológica neste mundo rural.

Assim, ao longo dos quatro dias, poderá assistir a outros tantos painéis, cada qual dedicado a um tema fundamental e com a presença de vários oradores internacionais, bem como portugueses. Vão debruçar-se por exemplo sobre o papel das “sementes”, actualmente uma questão central na agricultura e na gestão dos recursos naturais a nível planetário, os critérios de produção, a conservação da biodiversidade, legislação, patentes ou certificação de sementes serão assim debatidos. Vão falar sobre o “solo”, e sobre os “alimentos”, nomeadamente a nível da a Inovação Tecnológica na Agricultura,  e finalmente, sobre a “economia”, circular e verde, desenvolvimento sustentável, permacultura económica, economia de funcionamento e de reaproveitamento, a mobilidade sustentável…

Valorizar o empreendedorismo verde é uma das grandes prioridades do Município de Idanha-a-Nova, espelhada no programa Idanha Green Valley, que integra a Estratégia Recomeçar. Os painéis da conferência e workshops vão decorrer no auditório da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova e o programa pode ser consultado aqui.

Deixar uma resposta