Não é só em Portugal. O sudoeste do Irão está também sob uma onda de calor e, neste caso, sem precedentes. Mesmo para uma cidade habituada a altas temperaturas, como Ahvaz, os termómetros registaram na semana passada 54 graus celsius.

Ahvaz não é uma pequena aldeia, é a capital da província do Cuzistão e tem mais de um milhão de habitantes. O rio Karun, que a atravessa, poderia servir para amenizar a temperatura, mas parece que isso não acontece.

Se estes 54 graus vierem a ser confirmados pela Organização Meteorológica Mundial, tratar-se-á não só de um recorde de temperatura no país, como a mais alta já registada no mês de Junho em todo o continente asiático. Segundo o site Weather Underground, a sensação térmica era muito mais sufocante: 61,2 graus. O que a ser verdade, notícia o jornal norte-americano The Washington Post, significa que estaríamos perante a temperatura mais quente jamais documentada nos tempos modernos.

Foto: Creative Commons

Deixar uma resposta