A IKEA, a Habitat e a Heal’s estão entre as marcas vencedoras nos primeiros prémios Vegan Homeware da PETA, que reconhecem os melhores projectos e produtos para a casa sem recurso a crueldade sobre os animais.

Os prémios, anunciados ontem, estão divididos em 14 categorias, desde o melhor sofá de pele vegan e lençóis “silk-free” até um prémio de inovação para novos materiais.

Segundo a PETA  (People for the Ethical Treatment of Animals), à medida que a procura por utensílios de uso doméstico sustentáveis cresce, também cresce o interesse pelo modo de vida vegan, por isso celebrar projectos e inovações que nos permitam viver em casas livres de crueldade para com os animais faz cada vez mais sentido. 

Entre os vencedores dos PETA Vegan Homeware Awards estão marcas de grande consumo como a Ikea mas também pequenos estúdios e designers individuais. Ora vejamos:

O gigante sueco de móveis foi premiado com o melhor tapete de pele de ovelha falsa; a Habitat por fabricar lençóis sem recurso a seda natural; o site de design Made.com recebeu o galardão para a melhor cadeira de escritório de couro vegan, enquanto a Heal’s foi reconhecida por uma manta de pêlo falso. O prémio de inovação foi para o designer eslovaco Šimon Kern, premiado pela sua cadeira Beleaf, feita a partir de uma mistura de folhas recicladas e bio-resina. As velas de soja da Pacifica ganharam a melhor vela doméstica e a Monsoon recebeu o prémio pela melhor almofada sem recursos a penas; Le Labo foi reconhecida pelas fragrâncias caseiras e Zara Home pelas cortinas e cobertores sem lã.

Foto: Habitat

Deixar uma resposta