A Vail Resorts, gigante norte-americano do esqui, anunciou esta semana o seu compromisso rumo à sustentabilidade, prometendo alcançar uma pegada de carbono zero até 2030.

Em comunicado de imprensa, a empresa prometeu emissões zero, desperdícios zero e impacto operacional zero para florestas e habitats. “O meio ambiente é nosso negócio, e temos a obrigação especial de protegê-lo”, disse Rob Katz, presidente e CEO da Vail Resorts. “Como empresa global que somos, comprometemos-nos a enfrentar o nosso desafio ambiental global mais premente e a proteger as nossas comunidades locais e recursos naturais”.

Depois de alguma polémica relacionada com o apoio da Vails Resorts a políticos que negavam as alterações climáticas, desde o anúncio da saída dos EUA do Acordo de Paris realizado pela administração Trump que a empresa divulgou uma declaração condenando a decisão e prometendo criar mudanças substanciais nas suas políticas ambientais.

Consta que esta mudança foi inspirada pela política ambiental de Whistler-Blackcomb, a estância de esqui da Colúmbia Britânica, comprada pela Vail Resorts no ano passado, e que também é proprietária das estâncias Northstar em Lake Tahoe, Califórnia; Breckenridge no Colorado; e Park City Resort, no Utah.

Para proteger as espectaculares paisagens montanhosas onde a Vail Resorts opera, a empresa compromete-se a minimizar ou eliminar o impacto de qualquer desenvolvimento futuro dos resorts, plantando ou restaurando cada hectare de floresta deslocado pelas suas operações, contribuindo para a manutenção de florestas mais saudáveis e resistentes. Entre as várias iniciativas previstas está também a melhoria do programa de reciclagem e compostagem, com redução de embalagens e sensibilização crescente dos funcionários e convidados através de sinalização, rotulagem e treino; e também o trabalho com as comunidades locais para aumentar as opções de reutilização.

Segue-se um investimento de 25 milhões de dólares em projectos de poupança de energia, incluindo equipamentos de criação de neve artificial de baixo consumo e construção de edifícios verdes. Reduzindo o uso de electricidade e gás natural, a ideia é comprar energia 100% renovável e trabalhar com serviços públicos e governos locais, regionais e nacionais para trazer mais energia renovável para as redes onde a Vails Resorts têm as suas operações turísticas.

A empresa já se tornou membro da Ceres Business for Innovative Climate and Energy Policy, e da RE100, uma iniciativa colaborativa global de empresas influentes comprometidas com a utilização de energia 100% renovável.

Foto: Creative Commons

 

Deixar uma resposta