derrame pertoleo

As autoridades do Kuwait estão a tentar conter um derrame de petróleo na sua costa sul, que sujou as praias e ameaça danificar centrais eléctricas e estações de água. “Equipas de emergência estão a tentar circunscrever uma maré negra perto do complexo petrolífero de Ras al-Zur” no sul do Kuweit, indicou Talal al-Khaled, porta-voz da empresa Kuwait National Petroleum, num comunicado divulgado pela agência oficial KUNA, segundo avança a Lusa citada em vários meios nacionais.

O complexo encontra-se perto de um campo ‘offshore’ que é explorado conjuntamente pelo Kuwait e pela Arábia Saudita, e apesar da origem da fuga não ter sido divulgada, vários especialistas apontam para um velho oleoduto submarino do campo.

A organização ambiental kuweitiana Green Line Society, veio já criticar o governo do país por este por não ter divulgado “a gravidade do desastre”, continua a notícia da Lusa, “que começou já há alguns dias”. Por isso mesmo, a organização responsabiliza também o governo do principado por “quaisquer efeitos na saúde que o derrame possa ter”

Para já sabe-se que as autoridades encerraram duas centrais que produzem electricidade e dessalinizam a água do mar, para evitar a contaminação. E estima-se ainda que possa ter extravasado o equivalente a 35.000 barris de petróleo.

Foto: Wiki Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php