Um espaço para unir refugiados e locais na Suécia

cada do povo

A cidade de Malmö, na Suécia, quer promover a integração total dos refugiados que acolhe na sociedade local. E para isso encomendou um pavilhão especial de convívio e eventos, promovendo o encontro entre refugiados e os nativos suecos. Por forma a que essas duas populações conheçam melhor a realidade de do outro.

Baptizado de Folkets House, Casa do Povo, o pavilhão terá um pouco de lúdico, mas também de prático. Será um local de ligação com ONGs locais e terá oficinas, shows artísticos e performances musicais, cursos e apresentações, debates e serviços de emprego, para além de promover o simples convívio entre os refugiados e os suecos. À noite, a estrutura do pavilhão dobra-se, até se transformar num farol de luz.  

casa povo 1

A questão dos refugiados na Europa, a sua fuga e o seu acolhimento, não é uma questão simples para ninguém, certamente que não o é para quem chega, mas também para quem acolhe. O conhecimento dessas duas realidades será fundamental para o sucesso e inclusão das pessoas, e para tal é importante começar logo no início promovendo a integração, impedindo o isolamento, tanto cultural quanto emocional e físico.

A Folkets House será temporária, e funcionará a partir de 22 de Agosto até 02 de Setembro. O projecto, porém, prevê que a estrutura seja facilmente desmontável e remontada noutro lugar. Mas mais importante que o edifício em si é o espírito da iniciativa, essa sim deve ser montada em todos os países que acolhem refugiados.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php