Modelos ‘vegan-friendly’ da Dr. Martens

A icónicas botas Dr. Martens têm agora uma nova colecção dedicada aos vegan. Fabricadas sem recurso a produtos de origem animal, as botas “vegan-friendly” apresentam exactamente a mesma qualidade das Dr. Martens originais, mas sem utilizar a qualquer tipo de pele, camurça, pelo, lã ou seda e sem colas que contenham produtos animais ou derivados.

A Vegan Collection inclui o modelo mais popular da marca: as botas 1460 de 8 ilhós que recebem um “remix vegan” com o Castel Pack, numa sarja duradoura, mas leve, que é uma interessante alternativa à pele, disponível em vermelho cereja, cinzento e azul índigo.

Já “Cambridge Brush Collection”, desenvolvida após anos de pesquisa, usa uma tecnologia inovadora, que é um material sintético com um toque e o acabamento de pele verdadeira, agora disponível nos clássicos estilos DM’s, incluindo a bota 1460, o sapato 1461, o sapato Oxford 3989, a bota de plataforma Jadon e o sapato Polley T-bar – todos eles modelos dotados da tal “pele vegan” especial.

Resta lembrar que o primeiro par de botas Dr. Martens foi lançado em Abril de 1960. Com as suas costuras amarela, sola e calcanhar estriados, era uma bota para “trabalhadores”, inicialmente usada por carteiros e policias, por ser confortável, resistente e leve em comparação com seus concorrentes da época. Mais tarde a marca tornou-se objecto de culto, usada por músicos, personalidades do mundo do espectáculo e culturas juvenis. A nova aposta só vem demonstrar que está à altura dos novos desafios e do futuro.

Foto: Dr. Martens 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php