Ao todo são dezasseis, as espécies raras de rãs que uma empresa de Quito, no Equador, cria e vende aos fãs destes anfíbios. Mais do que um negócio, este é um bom exemplo de comércio bioético.

Sedeada nas imediações da cidade de Quito, numa localidade chamada Valle de los Chillos, a Wikiri, certamente uma das mais originais lojas de animais, nasceu a par de um centro de investigação.

Neste centro faz-se a monitorização destas delicadas espécies. Algumas conseguem reproduzir-se em ambiente laboratorial, outras, as que requerem condições muito específicas, são implantadas numa quinta a alguns quilómetros de distância, onde não lhes faltam tudo o que necessitam para se multiplicarem com sucesso.

Há exemplares que a Wikiri vende por 600 dólares, uma cifra que segundo os responsáveis pelo projeto não deixa de ser competitiva. Se assim não fosse, não seria possível concorrer com os traficantes de rãs, a principal ameaça a que estão sujeitos estes pequenos animais.  

Com o dinheiro das vendas a Wikiri financia diversos projectos de investigação e conservação de anfíbios.

Foto: Wikiri

Deixar uma resposta