A rubisco é a enzima mais abundante no nosso planeta e dela depende quase toda a vida que existe na Terra.

É uma verdade científica incontestável: directa ou indirectamente, toda a vida do planeta depende da rubisco e, no entanto, a sua existência, aos olhos dos leigos, passa completamente despercebida.

Esta proteína está presente nas plantas superiores, nas plantas inferiores e numa grande variedade de bactérias fotossintéticas. A verdade é que a rubisco representa em regra mais de 50% da proteína das folhas das plantas superiores.

Para as plantas terrestres fixarem o carbono durante o processo de fotossíntese precisam de grandes quantidades desta proteína. A sua presença na natureza é avassaladora: podemos dizer que por cada ser humano na Terra existem cerca de 10kg de rubisco nas plantas terrestres. Saiba tudo aqui.

Foto:  M a n u e l / flickr