A hora de ponta à volta do globo

A hora de ponta

Estar preso no trânsito é das maiores impotências que podemos ter: a claustrofobia, sensação de não controlar o destino e, muitas vezes, o stress de chegarmos atrasado pode levar-nos a tomar decisões erradas: uma aceleração mais rápida ou tentativa de sair para outra estrada que, sabemos por senso comum, que também estará cheia de automóveis.

Todos os dias, milhões e milhões de pessoas passam pela mesma situação, no trânsito ou transportes públicos – a chamada hora de ponta. Um dos grandes desafios das cidades passa por conseguir encontrar uma forma de reduzir estes picos de trânsito e deixar a mobilidade fluir de forma normal – muitas áreas urbanas já incentivam as empresas a alterarem os horários de entrada dos funcionários ou a apostarem no teletrabalho – o que está em causa é a economia, ambiente e bem-estar de todos.

Veja algumas das horas de ponta mais interessantes de todo o mundo e, se quiser, compare-a com a sua. Provavelmente, vai sentir-se feliz por evitar os comboios sul-africanos, trânsito de Taiwan, metropolitano de Pequim ou as ruas escuras de Harare, no Zimbabué.

1.Soweto, África do Sul

2.Taipei, Taiwan

3.La Paz, Bolívia

4.Pequim, China

5.Chicago, Estados Unidos

6.Los Angeles, Estados Unidos

7.Amesterdão, Holanda

8.Nova Deli, Índia

9.São Francisco, Estados Unidos

10.Nova Iorque, Estados Unidos

11.Mongkok, Hong Kong

12.Rio de Janeiro, Brasil

13.Tijuana, México

14.Pyongyang, Coreia do Norte

15.Bangecoque, Tailândia

16.Harare, Zimbabué

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php