O Oasia Hotel fica em Singapura e aborda o tema da sustentabilidade de uma forma diferente, ao combinar arquitetura e natureza para “redefinir o que um arranha-céus pode ser num clima tropical húmido”.

Desenhado pela WOHA, o objetivo dos arquitetos foi “criar uma imagética alternativa aos arranha-céus tradicionais.” O edifício combina “formas de melhorar o uso da terra com uma abordagem tropical que exibe uma torre perfurada, permeável, peluda e verdejante”.

Mas no que se traduz isto concretamente? Numa torre com 190 metros de altura que inclui quatro grandes espaços exteriores: três varandas gigantes nos 6º, 12º e 21º andares, bem como um terraço no telhado, no 27º andar. O terraço está rodeado de uma vedação protetora que atinge uma altura de dez andares. Esta rede será terreno para plantar 21 espécies de vinhas, para criar uma mini-selva vibrante no meio da cidade.

 

Fotos: Infinitude/V2COM