Ateliê norte-americano desenha casa que se constrói em apenas nove dias (com FOTOS)

A casa que se constrói em nove dias

Nove dias bastam para construir a casa desenhada pelo ateliê de arquitectura norte-americano William McDonough + Partners, um projecto apresentado no início do mês no Fórum Económico Mundial de Davos, na Suíça, e que tem o bónus de não criar a quantidade inacreditável de resíduos que, habitualmente, as novas habitações provocam.

A casa utiliza o sistema WonderFrame que, para além de estar desenhado, especificamente, para eliminar os resíduos, pode ser reutilizado. “Chamamos-lhe ‘wonder’ – ‘espanto, em português’  porque queremos que as pessoas se espantem com ele. E ‘frame’ – ‘estrutura, em português’ porque ele foi feito para ser qualquer tipo de estrutura que uma comunidade e cultura precisam”, explicou McDonough.

Denominada ICEhouse, a casa é pensada para ser desmontada e reconstruída. “Num sentido poético, é como o gelo (‘ice’), é efémero. Pode estar numa semana nos Alpes e, uma semana depois, derreter-se… destinada a reaparecer noutro local qualquer”, explicou McDonough ao Gizmag.

O ateliê diz que a base do design é a economia circular, a procura contínua pela reutilização e reciclagem de materiais, em vez de, simplesmente, os deitarmos fora depois de utilizarmos. Existem apenas quatro materiais utilizados, aliás: uma estrutura de alumínio – ainda que os autores estejam a trabalhar em materiais como o plástico ou bambu; policarbonato para as paredes e tecto; aerogel para isolamento e nylon6 para outros aspectos da construção. Todos estes materiais podem ser transformados noutros produtos sem perder qualidade.

Depois de Davos, a casa foi enviada para o Centro Nacional para a Economia Circular em Amesterdão, Holanda.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php