Carros eléctricos: há €5,5 milhões para renovar a frota automóvel da Administração Pública

5,5 milhões de euros: é este o valor que o governo irá disponibilizar para a compra de 170 carros eléctricos, naquela que será a primeira fase do Programa de Apoio à Mobilidade Eléctrica da Administração Pública, também conhecida por Eco.mob.

Publicado hoje em Diário da República, o diploma engloba o financiamento da aquisição de 170 veículos eléctricos em regime de aluguer operacional de veículos (AOV) por um período de quatro anos. O projecto incluí igualmente o financiamento dos pontos de carregamento para os 170 veículos.

O Programa de Apoio à Mobilidade Eléctrica fará a substituição de veículos ao serviço da Administração Pública com mais de 10 anos por versões eléctricas. Objectivos desta medida? Melhoria do desempenho ambiental, descarbonização da frota automóvel do Estado, redução de custos operacionais e por fim, mas não menos importante, a promoção da mobilidade eléctrica ao mais alto nível.

Estimativas dos Ministério do Ambiente e das Finanças indicam que, com estes novos 170 veículos eléctricos, o Estado ira poupar qualquer coisa como 1,3 milhões de euros, apenas com os custos de combustível.

A principal fonte de financiamento do Eco.mob vem do Fundo Ambiental (FA) – antigo Fundo Português de Carbono (FPC)- que irá disponibilizar 23,24 milhões de euros para a aquisição e manutenção de 1200 veículos eléctricos.

O projecto será implementado em várias fases, com a fase piloto a arrancar agora com 30 veículos em regime de aluguer operacional. 30 VE Peugeot iOn serão entregues a doze entidades do Ministério das Finanças e do Ministério do Ambiente e 25 pontos de carregamento e respectiva operação. O pacote incluí ainda o acompanhamento e monitorização do programa durante a sua execução.

 Foto: via Creative Commons 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php