Como a Lipor transforma lixo orgânico em adubo gourmet (com VÍDEO)

O aterro sanitário que, há trinta anos, servia o Grande Porto, é hoje um centro de compostagem avançada para matéria orgânica. É aqui que a Lipor trabalha num dos seus projectos mais interessantes, o Nutrimais, um correctivo agrícola 100% natural e que é feito do lixo orgânico.

Desenvolvido na Central de Valorização Orgânica, o Nutrimais é composto por várias matérias-primas, de produtos horto-frutícolas e restos de alimentos, passando por resíduos de exploração florestal e verdes, lacticínios em estado sólido, materiais lenhosos ou até artigos de panificação.

O Nutrimais fornece uma gama alargada de nutrientes, dado ter na sua origem matérias-primas vegetais, libertando-os de forma natural ao longo do tempo e à medida que vai sendo decomposto pela flora microbiana, retendo-os e evitando a sua lavagem para a toalha freática ou cursos de água.

A recolha das matérias-primas é feita porta-a-porta, em mercados, grandes produtores ou restaurantes. Ao todo, são precisos dois meses para recolocar os resíduos no mercado, em forma de Nutrimais.

O Economia Verde visitou as instalações da Lipor, em Baguim do Monte. Vejo o episódio 32 do programa.

 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php