Ecocamera, a máquina fotográfica feita de alumínio 100% reciclado

Encontrar uma forma de dar nova vida às cápsulas de café já usadas é o objectivo do novo projecto da Nespresso, a conhecida marca de café, divulgado hoje, a propósito do Dia Internacional da Reciclagem.

Numa altura em que a marca divulga que em menos de dois anos aumentou em 50% a taxa de reciclagem em Portugal, lança também um projecto que dá segunda vida às cápsulas usadas, a Ecocamera: uma câmara fotográfica “pinhole”, 100% analógica, feita com alumínio 100% reciclado, num projecto 100% português.

Em breve a máquina será distribuída como agradecimento às pessoas que mais contribuírem para a reciclagem das cápsulas de café da Nespresso.

Os números da Nespresso mostram que actualmente a taxa de reciclagem da marca em Portugal situa-se neste momento nos 15%. Mas a marca quer mais, com as expectativas a indicarem uma taxa reciclagem na ordem dos 25% até 2020, trabalhando para que “100% de capacidade de recolha de cápsulas usadas e garantir que 100% do alumínio usado nas cápsulas Nespresso seja gerido de forma sustentável”, acrescenta a Nespresso.

Mas para a Nespresso reciclar não chega, a marca quer ir mais longe. “Queremos transformar um fim, num começo, e por isto se torna tão importante dar uma segunda vida a uma cápsula de alumínio de café. A reutilização das borras de café geram arroz no projecto “Reciclar é Alimentar”, e o alumínio reciclado é utilizado para criar objectos e utensílios sustentáveis”, referiu Anna Lenz, directora de mercado da Nespresso em Portugal.

O composto, criado a partir do café das cápsulas usadas, servirá como fertilizante para aumentar o crescimento de arroz que será, posteriormente, doado ao Banco Alimentar contra a Fome. Até à data, a Nespresso já entregou à volta de oito milhões de refeições a quem mais precisa.

Foto: via Creative Commons