Elefantes e tigres matam uma pessoa por dia na Índia

Os elefantes e os tigres estão em perigo na Índia, sobretudo pela pressão humana sobre o seu habitat. Por causa disso morre uma pessoa por dia, dizem novos números do governo indiano.

Nestas ultimas décadas a Índia perdeu vastas zonas de floresta, obrigando assim a fauna que antes as habitava a viver lado a lado com os humanos, com todas as consequências que daí decorrem. Uma delas, diz o ministério do Ambiente citado na AFP, é terem morrido 1144 pessoas entre Abril de 2014 e Maio de 2017. Durante 1143 dias.  

Os elefantes provocaram a morte a 1052 pessoas e os tigres a 92, sendo que maioria ocorre nos “corredores dos elefantes”, os caminhos que estes animais percorrem há muitos séculos e onde a presença humana é agora constante. Mais de um quarto dessas vítimas ocorreu em Bengala, estado onde vivem cerca de 800 elefantes e também casa do famoso Tigre de Bengala. Nesse mesmo período foram também abatidos 345 tigres e 84 elefantes.

Os leopardos também sofrem com este choque, estimando-se que a população tenha perdido um animal por dia num período semelhante: desde Janeiro de 2014 já foram mortos 1.436 leopardos. Apesar de não existirem números oficiais de mortes humanas por leopardos, ONG’s de protecção da vida animal estimam “que sejam às centenas”.

Na Índia vivem entre 12 a 14 mil leopardos em estado selvagem, perto de 30 000 elefantes e metade da população mundial de tigres, com 2226 animais, segundo os últimos dados oficiais de 2014.

Foto: reprodução do Twitter

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php