Estónia: um paraíso para os amantes de natureza

Estónia: paraíso dos fotógrafos

 

Com 1.500 ilhas, 1.400 quilómetros de costa e quase 50% do país coberto por floresta, a Estónia é um dos países mais desconhecidos da Europa. Durante mais de 80 anos, esta foi apenas mais uma região da grande União Soviética, mas os gigantescos edifícios de cimento, próprios do estilo russo, não chegaram até ao báltico, assegura o fotógrafo Macca Sherifi, que publicou várias fotografias do país.

Com apenas 1,3 milhões de habitantes, a Estónia é um dos países menos densamente habitados da Europa e encontra-se fortemente ligado à sua própria natureza. “Com o ponto mais alto [situado] a uns insignificantes 318 metros, [as paisagens estónias] parecem eternas e intermináveis. Elas estendem-se para sempre e têm diferentes cenários, como praias e pântanos, faróis e moinhos de vento. É um paraíso para os fotógrafos”, escreve Macca Sherifi.

“Estive pouco mais de uma semana a viajar pela Estónia e foquei-me, especificamente, em fotografar as zonas rurais”, concluiu Sherifi. O fotógrafo sugere que os viajantes visitem Talin, a capital, mas não se fiquem por aí. De certo que não darão o seu tempo por mal emprego.

Deixar uma resposta

Patrocinadores