Funchal: governo regional já limpou 350 hectares de árvores infestantes

Nos últimos dois anos, o governo regional da Madeira limpou mais de 350 hectares de espécies infestantes na zona do Funchal. Objectivo? Proteger a cidade do Funchal dos fogos florestais, evitando-se situações como os incêndios de 2016, que provocaram milhões de euros em prejuízos.

Minimizar os riscos para a cidade, eliminando as espécies infestantes que habitam na zona, casos dos eucaliptos e das acácias, é uma prioridade para a autarquia, uma vez que estas são “espécies com grande espécie de regeneração e temos de aproveitar enquanto as árvores são pequenas”, afirmou Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira.

Em visita à freguesia do Galeão, nas zonas altas de São Roque, Miguel Albuquerque afirmou ainda que o governo regional está a criar uma linha corta-fogo na zona do Caminho dos Pretos, bem como a fazer limpezas nas zonas altas do Monte e de Santo António. Tudo para “para prevenir a propagação de fogos no Verão”.

No Verão de 2016, os incêndios florestais no Funchal provocaram milhões de prejuízos, centenas de deslocadas, dois feridos graves e duas mortes a lamentar.

Foto: via Creative Commons