Toldos, persianas e estores podem ser os novos “pulmões” das cidades, convertendo dióxido de carbono em oxigénio. O segredo é a fotocatálise, semelhante à fotossíntese das plantas, processo que elimina o dióxido de carbono e outros agentes contaminantes através do processo de oxidação activado pela luz solar.

A nova linha destes produtos pertence à empresa espanhola Persax que, em parceria com a americana Pureti, lançou em Espanha a gama de estores, toldos e persianas que contêm uma substância química aquosa e transparente. Esta, por sua vez, contém dióxido de titânio que transforma dióxido de carbono em oxigénio. O líquido é pulverizado no tecido e converte estes protectores solares em elementos purificadores, pode ler-se no El Pais.

Segundo os fabricantes “uma fachada de um edifício de 1.000 metros quadrados equivale a uma floresta com 1.000 árvores purificadoras do ambiente”. Os ensaios da nova linha destes toldos, estores e persianas foram dirigidos pela Universidade de Alicante.

Foto:  Creative Commons