Morre mais um golfinho nas mãos de turistas

Infelizmente não páram de chegar notícias sobre a falta de sensibilidade com que algum turismo de massa trata o mundo por onde viaja. Desta vez a vítima foi um golfinho bebé, na praia de Mojacar, em Espanha, segundo a notícia do El Mundo.

Aconteceu na passada semana, quando um grupo de turistas avistou o animal enquanto caminhava à beira de água. Imediatamente o cercou, impedindo-o de fugir. Alguns deles tomaram a iniciativa de o retirar da água para poderem tirar selfies.

As autoridades foram alertadas e chegaram ao local 15 minutos depois. Infelizmente já demasiado tarde para lhe salvar a vida. O golfinho era ainda muito jovem, dependente do leite materno, o que tornava a sua sobrevivência praticamente impossível nas circunstâncias a que foi submetido.

É importante educar a população para este tipo de situação. Um golfinho ainda tão pequeno pode correr grande perigo de vida apenas por se sentir cercado e sem hipótese de fuga. O seu corpo entra em stress, o coração acelera e rapidamente faz uma paragem cardio-respiratória.

“É com tristeza que mais uma vez constatamos que a espécie mais irracional que existe é o ser humano, incapaz de sentir empatia por outro ser vivo assustado e com fome” declarou um dos membros da associação Equinac, responsável pelo registo da ocorrência.

Foto: Equinac (via Facebook)

Deixar uma resposta

Patrocinadores