No remake do Dallas, as personagens preocupam-se com a sustentabilidade

Mais de duas décadas depois (1978-1991), a série Dallas voltará aos ecrãs norte-americanos e está muito mais verde. A luta e rivalidade entre os barões do petróleo J.R. Ewing e o irmão Bobby passa agora para os seus filhos, mas há novas razões para ver a série.

Christopher Ewing, filho de Booby, criou a Ewing Alternative, que promover as fontes alternativas e sustentáveis de combustíveis e conduz um Tesla Roadster eléctrico. A sua noiva, Rebecca, tem um Chevrolet Volt.

Segundo conta o Huffington Post, o Tesla Roadster eléctrico que poderemos ver, dentro de algumas semanas, nos ecrãs, é propriedade do próprio produtor executivo da série, Michael Robin. Desta forma, não foi preciso trazer um Roadster da fábrica, com todas as implicações ambientais que isso significaria. Para além das escolhas automóveis, os dois actores são ambientalmente responsáveis no seu dia-a-dia.

Recorde-se que Larry Hagman, a estrela da série – J.R.Ewing – é um dos mais conhecidos activistas norte-americanos pelas energias renováveis. O actor também fez campanhas pelo aumento de estações de carregamentos de veículos eléctricos e, inclusive, adoptou um estilo de vida vegan.

Os outros actores, curiosamente, adoptam estilos de vida sustentáveis – ou, pelo menos, no seu discurso: da reciclagem  à eficiência energética, alimentação saudável ou renováveis. Leia o artigo do Huffington Post (em inglês). Quem diria que o Dallas voltasse, 21 anos depois, com preocupações ambientais?

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php