O que fazer com 44 mil beatas? Arte

Uma obra de arte com 44 mil beatas estará em exibição no próximo dia 19 de Maio, em Cascais. Inserida na campanha de sensibilização ambiental ‘P’ró chão Não! A beata chega ao mar’, a invulgar escultura concorre ao Guiness.

Criada pela associação 10 Milhões na Berma da Estrada, a peça de arte intitulada “Elementos do (re)Canto do Tejo” tem um objectivo claro: “alertar a população para o perigo das pontas de cigarro que não são vistas como lixo perigoso e, num gesto automático, atiradas para o chão, ameaçando o ecossistema, poluindo os lençóis freáticos, colocando em risco a vida marinha e entrando na nossa cadeia alimentar”.

Para já apenas uma parte desta instalação estará em destaque no evento “Clean up the Atlantic”, organizado pela autarquia de Cascais. Quando estiver completa, a peça “Elementos do (re)Canto do Tejo” será composta por dez painéis, 44 mil beatas e 302 metros de cordão.

Um número imenso de beatas que, no entanto, podem aumentar, já que todos os visitantes estão convidados a completar esta estrutura com mais pontas de cigarros. Quem o fizer, verá o seu nome na candidatura ao Guinness.

“Elementos do (re)Canto do Tejo” estará em exposição Praça 5 de Outubro, junto à Câmara Municipal de Cascais e ao Hotel Baía, entre as 10 e as 13h.