Paris: um pavilhão que reutiliza 180 portas e materiais que sobraram das obras

Um pavilhão feito de portas recicladas

Para além de alinhavar a estratégia global para as alterações climáticas, a COP21 foi uma montra para inovações, objectos e construções ligadas à sustentabilidade, ecologia e ambiente – muitas empresas e marcas aproveitaram para comunicar os seus objectivos de redução de gases com efeito de estufa, por exemplo.

O ateliê de arquitectura Encore Heureux entrou neste jogo exibicional e desenvolveu um pavilhão feito a partir de portas recicladas. Situado no Hôtel de Ville, no coração de Paris, a estrutura temporária foi construída para chamar a atenção para os benefícios de uma economia circular e baixa em carbono.

As 180 portas de madeira foram recolhidas de um armazém do 19th Arrondissement e o resto do pavilhão utilizou apenas produtos comprados localmente e outros resíduos perdidos. Mais do que uma estrutura de exibição, este Pavilhão Circular é perfeito para receber exposições de arte, leituras, reuniões e workshops.

O interior do pavilhão encontra-se coberto por painéis de exposições e isolado do frio por lã mineral retirada do tecto de um supermercado. Por outro lado, pedaços de madeira que sobraram da construção de um lar de idosos foram também utilizados na estrutura.

A mobília do interior, incluindo 15 cadeiras de madeira e as luzes do tecto, foi recolhida de centros de reciclagem de Paris. Segundo o Inhabitat, o Pavilhão Circular ficará no Hôtel de Ville até 6 de Janeiro. Depois será desmontado, transportado e reconstruído no 15th Arrondisement, para ser utilizado como clube nocturno por uma associação desportiva.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php