Pinguim que comoveu a Nova Zelândia regressa a casa (c/vídeo)

Lembra-se do pinguim-imperador que, em Junho, deu à costa na praia Peka Peka, na Nova Zelândia? Pois bem, aquele que se transformou no mais famoso pinguim daquele país já se encontra de regresso a “casa”, a bordo do navio neozelandês “Tangaroa”. Depois de quatro dias de viagem, o animal será libertado na Antárctica, anuncia a agência Reuters.

Depois de se ter separado, acidentalmente, da sua colónia, o pinguim nadou mais de três mil quilómetros e chegou fraco e mal nutrido à costa da Nova Zelândia, com cerca de três quilos de areia no estômago, que ingeriu por engano, pensando ser neve, para, supostamente, se manter hidratado.

Para os críticos, a operação de salvamento teve demasiados custos, mas, para os ambientalistas, a aventura de “Happy Feet”, como era carinhosamente chamado pela população, tornou-o um embaixador da protecção do meio ambiente naquele país, incentivando a população a demonstrar mais interesse por este tipo de temáticas.

Deixar uma resposta

Patrocinadores