Um novo negócio australiano, baseado numa ideia simples, está a fazer furor na China. A iniciativa consiste na venda de ar fresco comprimido a cidadãos que vivem em zonas poluídas.

De acordo com o inhabitat, a empresa fundada por John Dickison e Theo Ruygrok recolhe ar em vários locais emblemáticos do continente australiano, como as Montanhas Azuis, a Tasmânia ou a Gold Coast – Costa Dourada –, para o armazenar na lata de ar comprimido.

Os principais clientes são chineses residentes nas zonas mais poluídas daquele país. No entanto, o produto não é acessível a todos: cada lata de ar comprimido custa cerca de €17,50. Costuma-se dizer que “o ar é de todos”, mas neste caso é preciso uma carteira recheada para o ter em boas condições.