Senior Open de Portugal é o 2º torneio de golfe mais sustentável do mundo

O Belas Clube de Campo Senior Open de Portugal foi considerado o segundo torneio de golfe mais sustentável do mundo, segundo a consultora internacional CSR Between-us. O estudo, que incluiu 82 torneios da European Tour da Europa, Ásia, África e América, considerou o KLM Open, no Hilversumsche Golf Club (Países Baixos), como o torneio mais sustentável do mundo.

Em terceiro lugar, por outro lado, ficou o St. Andrews, Kingsbarns & Carnoustie (Escócia).

A competição realizada no Belas Clube de Campo alcançou ainda a primeira posição na categoria European Senior Tour – em cujo calendário oficial se encontra inscrita. As restantes categorias analisadas foram a European Tour, a Challenge Tour e a Ladies Tour.

“Esta distinção é mais um reconhecimento da prática de sustentabilidade adotada pelo Belas Clube de Campo, desde 1995. Em parceria com a consultora ambiental CAOS e com a colaboração de todos os parceiros, colaboradores e fornecedores envolvidos no torneio, e que implicou o reforço de um conjunto de medidas de gestão ambiental, nomeadamente em relação às emissões de CO2, consumos de energia, gestão de resíduos, acessibilidade, consumo de água e conservação da natureza, entre outras iniciativas”, explicou Gilberto Jordan, CEO do grupo André Jordan.

Veja alguns dos dados do Belas Clube de Campo Senior Open de Portugal 2011:

101 toneladas de CO2 compensadas

A compensação das emissões foi realizada através da aquisição no mercado internacional de créditos de consumo, em parceria com a Organização das Nações Unidas, para um projeto certificado de produção de energia renovável no interior da Turquia.

A realização do Senior Open de Portugal implicou a emissão de 101 tCO2 para a atmosfera, sendo 96 tCO2 (96%) resultantes das deslocações dos jogadores, organização e espectadores. Neste cálculo foram também monitorizados os consumos de energia associados ao torneio e que foram sujeitos a um controlo rigoroso.

Em relação à água, o Belas Clube de Campo teve que planear tanto a rega do campo de golfe, através da estação meteorológica, do sistema informatizado de rega, da captação de água, dos lagos e sensibilização dos colaboradores e utilizadores, como o seu simples consumo nas instalações administrativas, cujo desperdício se evitou através da introdução de 15 redutores de caudal nas torneiras.

Taxa de reciclagem de 56%

O Belas Clube de Campo Senior Open de Portugal contou com a parceria da Sociedade Ponto Verde e a sua certificação 100R que atesta a reciclagem de 100% dos resíduos de embalagem produzidos no torneio.

A gestão de resíduos obedeceu a um criterioso plano que contemplou a recolha, armazenamento, transporte, pesagem e garantia de um destino final adequado. Foram enviados para reciclagem 1.044 Kg de resíduos recicláveis (713 Kg de papel; 148 Kg de Vidro e 187 Kg de embalagens) o que perfaz uma taxa global de reciclagem de 56%, considerada muito alta.

90% dos fornecedores locais e a maioria dos produtos de origem portuguesa

O Belas Clube de Campo Senior Open de Portugal serviu de palco a uma ampla promoção dos fornecedores locais (90%) e dos produtos de origem portuguesa predominantes no evento, oferecendo uma valiosa contribuição para o desenvolvimento da economia local e/ou regional.

Recolha de fundos para IPSS

A retribuição do empreendimento à comunidade envolvente culminou com o apoio do Senior Open de Portugal ao Centro de Educação para o Cidadão Deficiente (CECD Mira Sintra) que não só esteve representado no torneio com um posto de sensibilização, como foi alvo de diferentes iniciativas, tendo em vista a doação ou recolha de fundos. A Planbelas fez um contributo de €10.000 (R$26,2 mil)

Deixar uma resposta