Sistema fotovoltaico do estádio do Maracanã será monitorizado remotamente

A empresa alemã Meteocontrol vai monitorizar e controlar remotamente a qualidade dos sistemas fotovoltaicos dos estádios Pituaçu, em Salvador da Bahia, e Maracanã, no Rio de Janeiro. O desempenho e o estado dos dois sistemas, que totalizam cerca de 800 kWp, serão constantemente exibidos e monitorizados no portal online.

De acordo com a Meteocontrol, existirá a partir de agora a possibilidade de intervenção rápida e objectiva em caso de mensagens de erro e perdas de rendimento, no sentido de garantir uma operação eficiente e, como consequência, um rendimento solar máximo. Ainda no Brasil, também o sistema fotovoltaico do Aeroporto Internacional de Viracopos, no estado de São Paulo, será controlado pelo sistema de monitorização da Meteocontrol.

A empresa forneceu e configurou os equipamentos para recolha de dados e o software para monitorização dos equipamentos. Foram empregados os loggers de dados WEB’log, que registam com precisão todos os dados relevantes dos equipamentos e os transmitem ao portal online. Através da comparação entre estes valores e os dados simulados de geração esperada de energia, o portal disponibiliza análises de rendimento completas. Os operadores dos sistemas recebem avtualizações dos dados em intervalos de 15 minutos, visualizados com clareza para análises adicionais – disponíveis em formato gráfico, numérico e para download.

Para o último Mundial de Futebol de 2014, cinco dos doze estádios do Brasil foram equipados com sistemas fotovoltaicos ligados à rede, em projectos pioneiros. Para além dos ganhos energéticos e financeiros, estas infra-estruturas solares pretendiam atrair as atenções para a estratégia energética do Governo brasileiro

O estádio de Pituaçu, por exemplo, foi inaugurado em 2012 como o primeiro estádio solar de futebol da América Latina, com um sistema de 400 kilowatts. Dois anos mais tarde foi a vez do famoso estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, com capacidade de 380 kilowatts. A meteocontrol monitoriza cerca de 40.500 sistemas fotovoltaicos em todo o mundo, com capacidade total de mais de 10,7 GWp.

Foto: Leandro Neumann Ciuffo / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php