Turbinas de alto voo poderiam gerar 870 terawatts de energia eólica

As novas fronteiras da energia eólica

Sabe qual o local onde há mais vento e que poderia ser utilizado para produzir energia? Nas camadas superiores da atmosfera, onde existem 870 terawatts de potência – cerca de 870 biliões de watts.

Investigadores, start-ups e empresas já estabelecidas na área estão a encarar seriamente a possibilidade de utilizar esta energia e está já agendada uma conferência sobre o tema na Universidade de Stanford para o final do mês, refere o Inhabitat.

As ideias ainda estão em fase germinativa. Contudo, o vento atmosférico oferece ainda outras vantagens em relação aos ventos das camadas inferiores: é necessário menos matéria-prima por cada watt de potência gerado, o que se traduz num menor custo de produção por watt.

A Joby Energy, que deverá lançar uma turbina voadora no próximo ano, afirma que o novo sistema permite utilizar apenas 20 toneladas de material por megawatt, comparado com as turbinas convencionais que utilizam em média 96 toneladas. Este novo equipamento poderá ser o pioneiro para a produção de energia eólica nas camadas superiores da atmosfera e potenciar o uso desta fonte energética renovável.

Veja algumas das fotos do equipamento da Job Energy.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php