Oceanário: Tartarugas marinhas são as estrelas da primeira exposição temporária

Oceanário: Tartarugas marinhas são as estrelas da primeira exposição temporária

A primeira exposição temporária do projecto de expansão do Oceanário de Lisboa vai apresentar a viagem de vida das tartarugas marinhas.

A inauguração da exposição temporária está prevista para Março de 2011 e vai retratar, ao longo de uma área de 600 metros quadrados, a longa e perigosa jornada das tartarugas marinhas através dos oceanos, entre ecossistemas delicados como os recifes de coral, as pradarias marinhas, o mar dos Sargaços ou o oceano profundo.

“A nova exposição abordará a história natural e o comportamento destes animais, a sua importância cultural ao longo da história e a relevância dos actuais esforços de conservação de todas as espécies de tartarugas marinhas e dos seus habitats”, explica o administrador do Oceanário de Lisboa, João Falcato.

O responsável afirmou ainda, em comunicado de imprensa, que esta é uma boa forma do Oceanário “continuar a promover a conservação dos oceanos e, em particular, das tartarugas marinhas, reforçando a sua missão”.

A viagem da tartaruga marinha, uma espécie ameaçada, é longa e perigosa e envolve um relacionamento delicado e com ambientes específicos. O conceito da exposição do Oceanário evidencia todos os aspectos de vida das tartarugas marinhas, das zonas de nidificação e eclosão dos ovos às zonas de alimentação e acasalamento, das migrações aos perigos e desafios com que se deparam ao longo desta jornada.

Desde que foi inaugurado, em 1998, o Oceanário já foi visitado por mais de 14 milhões de pessoas, sendo reconhecido mundialmente pela excelência da sua exposição, pela experiência de uma década e pela sua missão de promover o conhecimento dos oceanos, sensibilizando os cidadãos em geral para o dever da conservação do património natural, através da alteração dos seus comportamentos.

Comentários (Facebook):

Patrocinadores

css.php