Descobrir buracos negros acaba de se tornar mais simples

A stellar-mass black hole in orbit with a companion star located about 6,000 light years from Earth.

Encontrar uma forma para aumentar o conhecimento dos buracos negros foi o ponto de partida para a criação de uma inovadora técnica desenvolvida por um grupo de cientistas da Universidade de Waterloo, no Canadá.

Segundo o Engadget, a técnica agora desenvolvida permite identificar pontos onde a luz curve, normalmente associado a um buraco negro, já que que nem a luz escapa à força gravitacional exercida. O trabalho destes cientistas vem assim tornar realidade a obtenção de dados como a distância, massa e velocidade, com as melhores estimativas a apontarem para a identificação de cerca de dez novos buracos negros por ano.

A investigação ainda está em fase inicial, mas espera-se que no futuro esta nova técnica ajude a duplicar o conhecimento sobre os buracos negros, permitindo aos cientistas focarem as suas atenções nos buracos negros e seus comportamentos, como um todo e não apenas como fenómenos individuais.

Foto: NASA/CXC/M.Weiss

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php